Skip to main content
CARISMA.NEWS

follow us

Setenta pessoas morreram em enchentes no Irã depois que chuvas recorde começaram a saturar partes do país no mês passado, informou a mídia estatal. Mortes foram registradas em 13 províncias, com as maiores baixas em Fars, Lorestan, Golestan e Hamedan, informou a agência iraniana Irmad, segundo Ahmad Shojaei. A agência semi-oficial Mehr News diz que chuvas recorde desde 19 de março inundaram cerca de 1.900 cidades e aldeias em todo o Irã, causando centenas de mortes.

milhões de dólares em danos às infra-estruturas de água e agricultura. “Mais de 140 rios transbordaram e cerca de 409 deslizamentos de terra foram registrados no país, informou, acrescentando que 78 estradas foram bloqueadas e 84 pontes afetadas por enchentes. Autoridades no sábado alertaram moradores da província de Khuzestan sobre o aumento do nível da água e pediram que levassem os avisos de evacuação a sério, informou a Irna.

Veja Também:

Política de comentários: Por favor, escreva seus comentários que correspondam ao tópico das postagens desta página. Os comentários que contêm links não serão exibidos até que sejam aprovados.
Exibir Comentários