Skip to main content
CARISMA.NEWS

follow us

Imagem ilustrativa Pixabay / mintchipdesigns>
Uma mulher de 32 anos do Alabama(Estados Unidos), diz que a lei do estado a forçou a enfrentar o homem que ela diz que a estuprou várias vezes . Com a recente proibição do aborto no Alabama, a história de Jessica ganhou atenção nacional. Jessica pediu para ter seu sobrenome omitido desta história para proteger seus filhos.

Jessica diz que foi continuamente estuprada anos atrás por seu tio, meio-irmão de sua mãe. Apesar das evidências, incluindo um teste de DNA, ele nunca foi condenado.

"Bem, tudo começou quando eu tinha 12 ou 13 anos e ele começou a subir na minha cama à noite", disse ela.

Ela engravidou 4 vezes como resultado. Aos 14 anos, ela abortou. Aos 16 anos, ela teve um menino. Aos 18 anos, ela teve seu terceiro filho. Mais tarde, ele morreu devido a uma doença comum em casos de incesto. Aos 19 anos, ela teve seu filho mais novo.

"Eu literalmente senti que não tinha opções", disse ela. Em outra entrevista, Jessica disse ao Washington Post que ela foi forçada pela família a se casar com seu estuprador. Esse casamento foi considerado ilegal por um tribunal devido ao "relacionamento familiar".

Recentemente, seu estuprador acusado foi ao tribunal e ganhou o direito para a visitar seus filhos. Jessica diz que está compartilhando sua história na esperança de que isso traga mudança.

"Você tem que buscar o que é certo, e você tem que defender aquilo em que acredita. Você sabe, tem sido uma estrada muito longa e difícil para mim. Mas vai valer a pena. Isso pode não beneficiar meu caso, mas alguém no futuro se beneficiará disso. "


O homem que estuprou Jessica ainda tem direitos de visitação para seus dois filhos. A juíza disse a Jessica que ela teria que passar 48 horas na cadeia por cada visita que negou a seu estuprador.

Veja Também

Política de comentários: Por favor, escreva seus comentários de acordo com o tópico desta página. Comentários contendo um link não serão exibidos antes da aprovação.
Exibir Comentários

Contato

Esta Mensagem requer o aplicativo WhatsApp.

Enviar