A Busca Que o Deixará Vazio

Advertisemen
Será que alguma vez na história já houve uma sociedade mais louca por prazer do que a nossa atual? Parece que nunca nos divertimos o suficiente. Temos a mídia constantemente nos lançando imagens e sons, tudo para supostamente nos trazer prazer.

De fato, algumas pessoas diriam: "Eu vivo por prazer. Tudo se resume a ter um bom tempo, o próximo fim de semana ou a próxima festa. O que importa é a próxima emoção na vida."

Essa filosofia não é nova. O imperador Nero, contemporâneo do apóstolo Paulo, acreditava que o propósito da vida era viver como um animal desenfreado em prazer, paixão e festas. E é exatamente assim que ele viveu.

Havia também um grupo filosófico grego naquela época que se chamava epicurista. Basicamente, estas eram pessoas que viviam por prazer. E ainda temos pessoas assim hoje. De fato, a Bíblia nos diz que um dos sinais dos últimos tempos é que as pessoas serão "mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus" (2 Timóteo 3:4). Que desperdício viver dessa maneira, porque a Bíblia diz que "a [viúva] que vive para os prazeres, ainda que esteja viva, está morta" (1 Timóteo 5:6).

O apóstolo Paulo disse: "Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro" (Filipenses 1:21).

Joy Davidman, a esposa de C. S. Lewis, disse: "Viver para o seu próprio prazer é a coisa menos 
prazerosa que um homem pode fazer. Se seus vizinhos não o matarem escandalizados, ele morrerá lentamente de tédio e impotência."

Você vive para quê? O que faz seu sangue bombear? O que você diria que é a maior paixão da sua vida? Somente a pessoa que pode dizer "viver é Cristo", também pode dizer "morrer é lucro."

Harvest.org
Advertisemen